Tuesday, April 30, 2013

aos pares

Antes de confirmar que, no supermercado, compro, normalmente e sem me questionar, pacotes, frascos e demais embalagens aos pares, certa namorada achava que eu andava a traí-la porque tinha, na casa de banho, duas escovas de dentes, dois frascos de champô e dois rodízios de fio dental.

Hoje criticas, amanhã imitas

- Acabei de ler "Hoje criticas, amanhã imitas" e gostei.
- E duvidas?
- Só depois de amanhã.


Condutor apaixonado

A Peugeot pergunta: É um condutor apaixonado? Claro que sim, quando estou a conduzir para aquela que amo. Em qualquer outro caso, prefiro não vulgarizar o sentimento.


amanda knox consumiu drogas

Amanda Knox afirma: "Tenho orgulho em ter consumido droga". Pois, eu tenho orgulho em cortar as unhas dos pés com um corta-unhas de mãos.



(Amanda Knox e o namorado foram condenados pela morte de uma jovem em Itália, durante um frenesi sexual, mas mais tarde ilibados por nova peritagem, que considerou as provas baseadas no ADN dos réus ínfimas e degradadas)

Sunday, April 28, 2013

dos namoros

Os meus dois últimos namoros duraram sensivelmente o mesmo tempo mas, enquanto que no primeiro estava sempre a ver quando terminava, no segundo estava sempre a ver quando começava.


Friday, April 26, 2013

my way or the highway

I was so fed up I had to tell her: my way or the highway. Last time I saw her, there she was, hitchhiking in the sun.

cloakroom

Bengaleiro, em inglês, é cloakroom, mas já ninguém anda de bengala nem de capa.


love is but a fading memory

Why is it that, when i write about love, i have to draw from old memories?


confiança

Ter de dizer a alguém para confiar em mim deixa-me desconfiado.


vamos?

- Então, vamos?
- Sim, aqui não saímos do sítio.


prejuízo

O amor é um investimento que dá prejuízo.


ganhar juízo

- Tu não ganhas juízo.
- Mas concorro todas as semanas.


última palavra

- Já vi que gostas de ter sempre a última palavra.
- Gosto de explorar todas as possibilidades.


Thursday, April 25, 2013

feriado

Liberdade é acordar mesmo tarde num feriado
Triste é não ter por quem levantar mais cedo


topless

Cruzei-me com uma amiga que não via há imenso tempo e a primeira coisa que me veio à memória foi que ela fazia topless.


on writing


- What could inspire you to write more?
- I have to be in the mood for the scene i'm writing about. One scene takes hours on end, just writing and re-writing paragraphs until they are absolutely perfect.
- Uuhm...so....if you're writing about a sex scene you need to be horny?
- Of course. I even touch myself to make sure.
- And if you are writing about a murder --
- I just think about all the people i've killed in the war.
- Which war was that?
- It was the war between heaven and hell and my wings had feathers as dark as others' were white.
- You were a demon, then?
- I can't tell for sure, I woke up too soon.
- So, you were dreaming?
- No, i was being hipnotized, trying to find my feminine side.
- Did you find it?
- I'm not sure, but i was pole dancing at some stage.


25 de Abril

Não, não é trovoada. Aparentemente, comemora-se o 25 de Abril simulando uma batalha aérea.


Tuesday, April 23, 2013

Digladiar

Há muito tempo, aprendi a escrever digladiar. Lutar como um gladiador. Era jovem e gostava da palavra, cujo uso inflamava o corrector ortográfico, porque escrevia, baseado na fonética, degladiar. Hoje, ao usá-la correctamente, o corrector ortográfico do google chrome alerta-me do erro. Troco para a forma errada e ele rejubila, apaga-se. Verifico que os brasileiros vulgarizaram o uso com e. O corrector ortográfico é do inimigo.


Como eu te via e como tu te vês

A Dove contratou um desenhador de retratos-robô do FBI para traçar os rostos de diversas mulheres. Foram feitos dois quadros de cada uma, com o primeiro a ter por base uma descrição das próprias e o segundo uma descrição por terceiros. O último apresentou, invariavelmente, uma mulher mais bonita. A conclusão é a de que as mulheres se acham mais feias do que realmente são.

Isto faz-me recordar a incorrecção fatalista da frase que me foi dita recentemente, enquanto tentava chegar à mulher por trás das suas defesas: "E se baixasses o teu entusiasmo e me visses como sou?".


A exemplo de Gonçalo M. Tavares

Estava aqui a pensar que, se seguisse o exemplo do Gonçalo M. Tavares e assinasse Ricardo L. Moura, os espanhóis poderiam apelidar-me de El Moura e a coisa render em traduções para castelhano e asturiano.



http://www.goodreads.com/author/show/4107011.Ricardo_Lopes_Moura

Sunday, April 21, 2013

Saturday, April 20, 2013

esposas de viseu, o blog que anota matrículas

Aposto que as esposas de Viseu só anotam as matrículas dos carros dos maridos das outras.


elasticidade

A razão pela qual as esposas culpam as prostitutas em vez dos maridos é inveja. Mulher que abre as pernas tem mais elasticidade.


Dedicado ao blog esposas de viseu

Entretanto, em Viseu:
- Querida, vou às putas. Levo o Astra.
- Está bem, querido, diz-me só a matrícula.

Namorados

Sentados no café, sorriram um para o outro. Estavam no mundo, e ninguém reparava neles. Mylia debruçou-se sobre a mesa de café e deu um beijo na boca de Ernst. Um casal de namorados, somos um casal, pensou Mylia, e ficou contente. um casal dava um simples beijo no café. 
Somos namorados, disse Ernst em voz alta ao empregado. Este sorriu. 

Gonçalo M. Tavares, Jerusalém


Friday, April 19, 2013

livro ao lado

O computador anda excessivamente lento. Tenho um livro ao lado.


a mulher e a prostituta

A diferença importante entre a mulher e a prostituta não é o pagamento. O homem não contrata a prostituta pelo prazer de pagar.


O homem da minha vida é o meu filho

Nunca hei-de perceber as mulheres que dizem "O homem da minha vida é o meu filho" ... Então e o marido, o melhor é procurar a sorte noutro lado, não?

Nunca é tarde para se apaixonar

"Nunca é tarde para se apaixonar". Ainda bem, assim vou deixar para mais logo.

Thursday, April 18, 2013

Amas-me?


ver-te + k 1 x

Errata: onde se lê "e não é por querer ver-te mais do que uma vez" deverá ler-se "e não é apenas por querer ver-te mais do que uma vez".


Monday, April 15, 2013

O oposto de regateio é leilão

O que regateia quer comprar para baixo e o que leiloa quer vender para cima.


alcunha

Tanta coisa por causa de uma alcunha que, afinal, nem sequer me era exclusiva. 


Sunday, April 14, 2013

desfalque no piquenique livreiro da rua da anchieta

E pronto, hoje, na Rua da Anchieta, no Chiado, era dia de piquenique de livreiros e eu só posso espreitar bancas de material folheável se primeiro me cortarem as mãos e arrancarem os olhos, o que por distracção me esqueci de fazer.

Sem serra para cortar as mãos nem garfo para arrancar os olhos, lá escrutinei as lombadas com a atenção de um lince que desdenha mas quer comprar e andei o resto da tarde com dois sacos e centenas de páginas de peso.


A Nova Europa, de Michael Palin - 5€
Herzog, de Saul Bellow - 5€
Dead Simple, de Peter James - 1€
The Modigliani Scandal, de Ken Follett - 1€
Edge - Jeffrey Deaver - 1€

O primeiro folheei e comprei porque Palin é inteligente, democrata e engraçado. O segundo porque Bellows é um grande escritor (já li um dele) e esta é a sua obra-prima (ou assim dizem), o terceiro porque é terror simples, directo e entretém, o quarto porque Follett é bom no policial e o quinto porque a capa era interessante.

Bom, como um livro só é um bom investimento quando se lê, toca a ler.



Saturday, April 13, 2013

ninguém leva a mal

Tenho o mal de achar que as pessoas nunca vão levar a mal o que digo e um dia fazem-me uma espera em que só sobram os óculos. Partidos. E com sangue na haste.


actual thread for a ficticious conversation on nonsense


After reading Axasteoquê for hours. Still, didn't make a comment nor left a like.




Ricardo Moura Estás a hostilizar o teu público e não vais gostar do resultado.
Axasteoquê?!? Um comentário !!!
Ricardo Moura O meu não conta.
Axasteoquê?!? Não conta? Porque é que não conta?
Ricardo Moura Tu sabes porquê.
Axasteoquê?!? Não me fales assim.
Ricardo Moura Olha que eu tiro-te o meu like...
Axasteoquê?!? Mas não disseste que o teu like era irrelevante?
Ricardo Moura Não, disse que o meu comentário era irrelevante. Não falei no meu like.
Axasteoquê?!? Claro que falaste no teu like. Está ali em cima, ainda pode ser lido.
Ricardo Moura Sim, mas não disse que era irrelevante, disse que podia apagá-lo.
Axasteoquê?!? Mas porque havias de apagá-lo?
Ricardo Moura Por razão nenhuma, eu gosto desta página.
Axasteoquê?!? Ah, já podias ter dito isso, tínhamos começado noutro tom completamente diferente.
Ricardo Moura Mas estamos mesmo a ter esta conversa?
Axasteoquê?!? Qual conversa?
Ricardo Moura Esta conversa...
Axasteoquê?!? O que é uma conversa?
Ricardo Moura Não sei, mas já começa a ser chato estar constantemente a mudar de login de mim para ti, por isso ficamos por aqui.
Axasteoquê?!? Aqui por onde?
Ricardo Moura Já chega, não chateies.
Axasteoquê?!? Não achas que a foto deste post é gira?
Ricardo Moura Sim, fui eu que a escolhi.
Axasteoquê?!? Acho que fui eu.
Ricardo Moura Não, fui eu. E também escolhi a do post anterior.
Axasteoquê?!? Aquele sobre urina?
Ricardo Moura Tu é que escreveste, eu só escolhi a ilustração.
Axasteoquê?!? Ai ele é isso?
Ricardo Moura Ele, quem?
Axasteoquê?!? Quem?
Ricardo Moura Exacto.
Axasteoquê?!? Sabes que X-acto quer dizer exacto?
Ricardo Moura O que é que foi agora?
Axasteoquê?!? Sim, em inglês o x-acto escreve-se X-act e o nome vem do facto de ter um corte muito preciso.
Ricardo Moura Então devia chamar-se Preciso e não X-acto.
Axasteoquê?!? E ias a uma papelaria comprar um Preciso?
Ricardo Moura Não. Actualmente, isso vende-se em qualquer grande superfície. Não era preciso ir a uma papelaria, punha na lista das compras.
Axasteoquê?!? Sabes fazer compras?
Ricardo Moura Qual é a dificuldade?
Axasteoquê?!? Não sei, nunca fiz.
Ricardo Moura Nunca fizeste compras?
Axasteoquê?!? Não, para que serve?
Ricardo Moura Para que serve um X-acto?
Axasteoquê?!? Um quê?
Ricardo Moura Aquela coisa de que estávamos a falar.
Axasteoquê?!? Comentários?
Ricardo Moura Não.
Axasteoquê?!? Likes?
Ricardo Moura Não.
Axasteoquê?!? Então, não me lembro.
Ricardo Moura Gostas da ilustração?
Axasteoquê?!? Sim, fui eu que escolhi.
Ricardo Moura Não, fui eu.
Axasteoquê?!? E o texto?
Ricardo Moura O texto o quê?
Axasteoquê?!? Quem é que escreveu?
Ricardo Moura Não sei, eu só vim ler. E normalmente não deixo comentários nem likes.
Axasteoquê?!? É isso que está mal.
Ricardo Moura Acho que mais vale desistir, de certeza que ninguém vai ler esta conversa até aqui.
Axasteoquê?!? Se leu esta conversa até aqui, deixe um comentário ou faça um like.
Ricardo Moura Deixe um comentário e faça um like.
Axasteoquê?!? Ainda melhor.
Ricardo Moura Acreditas em Deus?
Axasteoquê?!? Se é quem estou a pensar, já aqui fez um like ou dois.
Ricardo Moura Isso foi quando?
Axasteoquê?!? Num domingo. É o dia em que ele descansa.

Tuesday, April 9, 2013

vida de escritor

Há quem ache que a vida de escritor é só rosas, desconhecendo o peso do tempo improdutivo. É claustrofóbico, demolidor, trocista, humilhante. Ah, mas como os céus se abrem e o céu brilha, quando um parágrafo, difícil de confecção, funciona em pleno. Sim, há aqui magia.


pedras da calçada

De fazer chorar as pedras da calçada e aqueles que sobre elas escorregam, de olhar perdido no que perderam.


Monday, April 8, 2013

Saturday, April 6, 2013

Zenão & Zito

"Antes mesmo de abrir os olhos, já os lábios de Ismael se encaracolavam num sorriso. Os eventos da noite estavam num rebuliço maior do que as suas roupas espalhadas pelo chão, mas recusou a sugestão de organizá-los, abanando a cabeça mentalmente e contra a almofada. Haveria muito tempo para montar o puzzle. Não se sentia preparado, o que quer que isso significasse, a felicidade era coisa que metia medo, fizesse isso ou não sentido, fazia."

Total Pageviews

There was an error in this gadget

Followers

Blog Archive